Que iniciativas temos para o futuro e que áreas queremos explorar? A resposta é simples e direta: publicações próprias. A ideia vem de longe e esperamos em breve “pôr as mãos na massa” e concretizar o sonho de lançar uma revista – que no fundo é quase um livro – com textos originais, numa reflexão sobre o mundo e as áreas que nos atraem.