Patrícia Gabriel
interview

Patricia_Gabriel_0101

O Apartamento recebeu Patrícia Gabriel, que frequenta o Mestrado de Ciências Gastronómicas da Universidade Nova e cuja tese inclui um jantar aberto ao público. No jantar que teve lugar no passado dia 20 de maio, assistimos a 12 momentos gastronómicos onde todos os sentidos foram desafiados. A água veio em esferas, foi possível cheirar ar puro num frasco e ouvir Amália num disco de vinil comestível.

Agora, algumas semanas depois do grande dia – e já com os níveis de adrenalina restabelecidos – pedimos à Patrícia para resumir a experiência Alimento n’ O Apartamento a partir de 3 questões.

Qual a tua impressão sobre o projecto e como descreverias a tua experiência?

Gosto muito do conceito do projecto, usar o espaço casa para construir situações de partilha, mais confortáveis e descontraídas. O projecto que tive na Índia era mais simples mas um pouco isso, uma casa, um grande jardim e a partilha do espaço para jantares, exposições e concertos oferecidos por artistas que passavam por Mysore. Uma casa habitada e partilhada.

Por essa razão gostei mais ainda de ter apresentado o projecto convosco. Correu bem e estou feliz com o resultado e gostava de fazer melhor. Quero melhorar algumas das experiências que acompanhavam os pratos e afinar a organização.

Acredito que poderia ter havido maior disponibilidade de espaço, seja na sala de empratamento, seja na definição do espaço onde se podiam deixar roupas e afins. Quem ajudou teve que mudar duas vezes de sala. A mesa poderia ter sido posta antes do vosso lanche apenas para dar mais tempo para definir os lugares e colocar os comestíveis.

Mas tudo correu bem. Acho que foi um bom ‘ensaio’ para todos nós. Perceber o que melhorar, que há sempre. Estou muito orgulhosa do vosso trabalho, colaboração e dedicação e da ajuda dos meus amigos que foram incansáveis. Há uma enorme satisfação pela concretização e pela força de todos os que colaboraram.

Sucintamente, como explicarias o conceito do jantar e de que forma fazê-lo aqui influenciou o resultado final?

ALIMENTO é um jantar experimental que se ouve, se olha, se cheira e nos toca, percorre sabores originais da cozinha autêntica portuguesa e traz uma história em cada prato. Cada um faz a viagem à sua medida. No fim retorno a viagem ao ponto original.

Patricia_Gabriel_0056

‘suponho que entender não é uma questão de inteligência e sim de sentir, de entrar em contato.
ou toca, ou não toca.’
[adaptado de Clarice Lispector]

Patricia_Gabriel_0134

Fazê-lo convosco trouxe mais entusiasmo ao projecto. A concretização num espaço que gosto bastante. Da luz que traz O Apartamento e da vossa abertura para projectos diferentes. Poderíamos talvez ter falado melhor o vosso conceito de jantares para eu melhor falar com as pessoas, à sua chegada e antes de iniciar o jantar.
A minha timidez não ajuda…

Se tivesses de explicar O Apartamento a um amigo, como resumirias?

Um espaço luminoso, onde tudo o que acontece é de muito bom gosto e qualidade; sejam jantares, workshops, apresentações de revistas ou produtos.
Um espaço partilhado.

hipster-chic comme il faut.

Patricia_Gabriel_0032